LiveZilla Live Help Fale conosco Fale Conosco Indique para um amigo Indique este site




Informática
Profissionalizantes Administrativos Comercial-vendas Logística

 

 




CURSO ONLINE DE AUXILIAR DE ESCRITA FISCAL

Clique no botão curtir e google+



CURSO DE ESCRITA FISCAL

CARGA HORÁRIA: 50 HORAS:
PREÇO: 1 x 120,00 ou até 6 x 20,00 sem juros.
Faça a matrícula do curso

Inscreva-se para receber informações sobre cursos, ebooks grátis e novos artigos.
Nome:
* Email:

Introdução
A alta carga tributária no Brasil aliada à crescente complexidade da legislação tributário-fiscal aumenta a importância do setor de escrituração fiscal em um Departamento Contábil. Lidar com altos valores tributários e com a complexidade da legislação requer profissionais muito bem treinados.

Este curso a distância tem como principal objetivo capacitar o participante para o mercado de trabalho cada vez mais competitivo abordando assuntos que fazem parte do cotidiano da organização..

Na contabilidade de uma companhia, a escrituração fiscal é muito importante. Os profissionais que atuam nesta área são muito requisitados pelo mercado de trabalho e, normalmente, atuam em organizações contábeis, em empresas com contador próprio, em companhias que precisam de faturistas ou profissionais para fazer escrituração interna. Também presta serviços em empresas de consultoria tributaria etc.

Se desejar conhecer um pouco do mercado do trabalho deste profissional veja abaixo exemplos de vagas para escrita fiscal.

Esta área de escrituração fiscal tem um excelente mercado de trabalho. Esta afirmação pode ser comprovada verificando os jornais de domingo ou procurando no Google por "auxiliar de escrita fiscal". Esta é uma área onde sempre existirá uma grande procura de profissionais bem treinados. Clique no link seguinte para conhecer o salário de um auxiliar de escrita fiscal

COORDENAÇÃO TÉCNICA
A coordenação técnica deste curso ficou a cargo da profissional Eleni Pontes, formada em Ciências Contábeis pela Universidade Unigranrio, com 16 anos de experiência na área contábil e com especialização em Controladoria Empresarial. Atua em Indústrias multinacionais de grande porte (farmacêutica e cosmética) na Área Contábil e, especificamente, em Confecção e Análise de Impostos Diretos / Indiretos e Obrigações Acessórias.

 


SAIBA MAIS SOBRE O CARGO DE AUXILIAR DE ESCRITA FISCAL.






Público-alvo:

Quem deseja iniciar em uma carreira profissional com um amplo mercado de trabalho de modo a poder atingir cargos de chefia e atuar em vários tipos de empresas.

Interessados em atuar como auxiliar de escrituração fiscal nos Departamentos de Contabilidade e que estejam procurando oportunidades no mercado de trabalho nas atividades fiscal - tributárias

Profissionais que já atuem na escrita fiscal das organizações ou em escritórios de contabilidade e que desejam ter maiores conhecimentos para conseguir futuras promoções.

Profissionais de contabilidade ou faturamento que necessitam conhecer a área de escrituração fiscal, suas atividades principais e a legislação fiscal-tributária.

Estudantes de cursos de ciências contábeis ou de administração de empresas.



Características e preço do curso:

1 Acesso ao curso online durante três (3) meses consecutivos. Se houver necessidade poderemos estender este prazo sem custo adicional.

2-Download de 13 (treze) apostilas digitais no formato PDF, com todo o conteúdo do curso. Estas apostilas digitais poderão ser impressas e/ou usadas para rever o curso após o término. Para ler as apostilas use o Adobe reader. Este curso não possui apostilas impressas. Todas as apostilas são digitais no formato pdf.

NOTA IMPORTANTE: após comprovação do pagamento do curso, enviamos a senha de acesso em no máximo 1 dia útil.

CARGA HORÁRIA: 50 HORAS:
PREÇO: 1 x 120,00 ou até 6 x 20,00 sem juros.
Faça a matrícula do curso



OBJETIVOS



  • Capacitar o auxiliar de contabilidade que deseja maiores conhecimentos em sua área de modo a conseguir promoções em sua firma.
  • Capacitar o participante a executar corretamente a escrituração dos livros fiscais da organização.
  • Capacitar o participante a entender, interpretar e aplicar corretamente a legislação tributário-fiscal vigente buscando o correto cumprimento das exigências fiscais.
  • Capacitar o participante a lançar e apurar as obrigações principais e acessórias, pertinentes à área Fiscal/ Tributária.
  • Capacitar o participante a preencher corretamente uma nota fiscal, de acordo com a legislação em vigor.
  • Capacitar o participante a evitar possíveis multas e perdas financeiras pelo não aproveitamento de créditos dos impostos estaduais e federais.

 

EXEMPLOS DE ANÚNCIOS DE VAGAS DE EMPREGO

Estes são alguns exemplos de anúncios copiados da internet em fevereiro/2013. Faça sua pesquisa no google e comprove a excelente procura deste profissional.


AUXILIAR DE ESCRITA FISCAL
L.A.F DO BRASIL INDUSTRIA DE CABOS E FIOS - São Paulo, SP
CONHECIMENTOS EM NOTAS FISCAIS , CONHECIMENTO EM IMPOSTOS ,. TRIBUTOS , BAIXA DE PAGAMENTOS , ARQUIVOS, TODA ROTINA DO SETOR FISCAL....
Candidate-se facilmente a esta vaga através do Indeed
Indeed - há 1 dia - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

AUXILIAR DE ESCRITA FISCAL
Chapecó, SC - +35 locais
Contrata-se auxiliar de escrita fiscal para trabalhar em escritório de contabilidade e que tenha experiência no sistem questor....
Portal Chapecó - há 20 horas - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

AUXILIAR ESCRITA FISCAL
Casari & Pinheiro - Maringá, PR
TER CONHECIMENTOS NA AREÁ DE ESCRITA FISCAL. TER CONHECIMENTOS EM ESCRITA FISCAL, APURAÇÃO DE IMPOSTOS, DECLARAÇÕES, SINTEGRA E LANÇAMENTOS DE NOTAS....
Maringá.com - há 1 dia - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

Auxiliar Contábil, Escrita Fiscal
São Paulo, SP
Auxiliar Contábil, Escrita Fiscal e departamento Pessoal, desejável experiência....
buscojobs - há 5 horas - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

Auxiliar/assistente escrita fiscal,
São Paulo, SP
Auxiliar/assistente escrita fiscal, com experiência em escritório de contabilidade....
buscojobs - há 5 horas - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

AUXILIAR ESCRITA FISCAL
Curitiba, PR
Conhecimento de escrituração fiscal (ICMS, IPI, ISS, etc). 08:05 às 18:00 com 1 hora de almoço de segunda a sexta. Curta a página do VAGAS URGENTES no facebook....
Vagas Urgentes SUL - há 1 dia - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

Escrita Fiscal
Universia - Rio de Janeiro, RJ
Experiência anterior com ESCRITA FISCAL e noções de FATURAMENTO;. Auxiliar nas rotinas de contas a pagar e receber;....
Universia - há 1 dia - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

Auxiliar de Escrita Fiscal
Net Work Excelência em RH - São Paulo, SP
Atuar com lançamentos e escrituração de notas fiscais, DES, SPED fiscal e toda rotina pertinente a área....
Trabalhando.com - há 9 dias - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

Auxiliar de Escrita Fiscal
De Paula Contadores Associados SS - Foz do Iguaçu, PR
Foz do Iguaçu - PR - Brasil. Estar cursando Contábeis, Computação ou Administração. Preferencialmente já ter trabalhado com sistemas contábeis;....
Curriculum.com.br - há 9 dias - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

Auxiliar de Escrita Fiscal
ROMAZZO CONTABILIDADE S S LTDA - Osasco, SP
Conhecimento em toda a rotina de departamento fiscal. Executar os lançamentos de Notas Fiscais de Entradas, Saídas, Serviços Tomados, Apuração de Impostos, ISS,...
Curriculum.com.br - há 10 dias - salvar vaga - bloquear - e-mail - mais...

Auxiliar/assistente contábil
Confidencial - São Paulo, SP
Auxiliar/assistente contábil Possuir experiência em conciliação, folha de pagamento e escrita fiscal. Com... Auxiliar de contabilidade O que faz um auxiliar de...
Patrocinada por Empregos.com.br - há 13 dias

PRÉ-REQUISITOS

2º Grau completo ou cursando.

CERTIFICADO

Clique e veja o certificado ampliado.

certificado Instituto Denver

O certificado é emitido para os alunos aprovados com 60% de aproveitamento nos testes efetuados durante o curso.

O Certificado do curso é válido em todo o Brasil e serve para várias finalidades: 

1- Comprovar atividades extracurriculares ou complementares geralmente exigidas em cursos de nível técnico ou superior.

2- Enriquecer o seu currículo e aumentando as chances de entrevista e conseguir um emprego.

3- Auxiliar nas avaliações internas para promoções nas empresas;

4- Possibilitar gratificações adicionais conforme plano de carreira;

5- Usar em concursos públicos dependendo do edital;

6- Usar como provas de títulos (veja o edital);

PROGRAMA DO CURSO

Trabalho de um Auxiliarde Escrita FiscalAssistente de Escrita Fiscal

1 - TRIBUTOS

Conceito e espécie de Tributo
Imposto
Taxa
Contribuição de Melhoria e federais
Empréstimos Compulsórios

2 - OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA

Conceito
Sujeito Ativo e passivo da Obrigação
Fator Gerador
Base de Cálculo
Elementos Complementares do Tributo
Alíquota
Adicional
Prazo de pagamento

3 - ICMS

Introdução
Gênese
Fatos Geradores Distintos
Princípios Constitucionais Ligados ao ICMS
Princípio da Anterioridade, compensatividade ou da não-Cumulatividade, seletividade.
Normas Gerais Relativas ao ICMS
O ICMS no Estado do Rio de Janeiro
Regime Simplificado do ICMS
Imposto sobre Circulação de Mercadorias ou Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação
Contribuinte e Responsável
Fato Gerador
Circulação de Mercadorias
Prestação de Serviços
Base de Cálculo
Definição de Termos Comuns à Matéria
Não Incidência
Isenção
Imunidade
Diferimento do Imposto
Suspensão do Imposto
Substituição Tributária
Momento de Incidência
Alíquotas
Diferencial de Alíquota
Base de Cálculo
Compensação do Imposto
Créditos-Entradas
Energia Elétrica
Comunicação
Bens Adquiridos para Uso e Consumo
Ativo Permanente
Débitos-Saídas
Apuração Normal
Prazo de Apuração e Recolhimento
Limitações do Direito ao Crédito
Do Estorno do Crédito
A Nota Fiscal
Nota Fiscal – Modelo 1 ou 1A
Nota Fiscal – Modelo 2
Nota Fiscal – Modelo Único
Máquina Registradora – Cupom ou Ticket
Nota Fiscal – Avulsa
Nota Fiscal – Jogos Soltos
Nota Fiscal de Produtor – sem designação de série
Credibilidade dos Documentos Fiscais
Conceitos de Documentos Inidôneos
A Nota Fiscal Fria, sem valor legal, calçada, desdobrada, paralela ou duplicada, canceladas
Destinação das Notas Fiscais.
Códigos Fiscais de Operações e Prestações – CFOP.
Natureza das Operações
Códigos Fiscais de Operação e Prestações (Cfop)
Códigos de Situação Tributária – CST
Carta de Correção
Cancelamento de Notas Fiscais
Modelos de Notas Fiscais
Cancelamento de Notas Fiscais
Devolução de Mercadorias
Remessa para Industrialização, Conserto ou Reparo
Brindes
Venda de Sucata
Operações Internas
Operações Interestaduais
Operação de saída
Venda de Ativo Imobilizado
Nota Fiscal Complementar/Suplementar
Venda para Entrega Futura

4 - FECP – FUNDO ESTADUAL DE COMBATE À POBREZA E ÀS DESIGUALDADES SOCIAIS

Introdução
Aumento só nas Alíquotas Internas
Operações com Base de Cálculo Reduzida
FECP: quando calcular, forma de apuração, recolhimento.

5 -IPI - IMPOSTO SOBRE PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS

Introdução
Industrialização
Estabelecimento Industrial
Conceito
Equiparação à Industrial
Estabelecimento Industrial
Autonomia dos Estabelecimentos
Contribuintes e Responsáveis (Art.24 e 25 RIPI)
Responsáveis
Princípios Conscionais
Princípio da Seletividade / Essencialidade (CF/88, Art. 153, par. 3º, I)
Princípio da Não-Cumulatividade (CF/88, art. 153, par. 3º, II)
Alíquotas
Entradas-créditos
Fato Gerador
Fato Gerador - Exceções
Imunidade
Isenção
Suspensão
Base de Cálculo
Valor Tributável Mínimo
Apuração
Prazos de Recolhimento
Regularização de Documentos
Espécies de Incorreções
Antes da Saída das Mercadorias
Cancelamento da Nota Fiscal
Exame da Nota Fiscal pelo Destinatário
Erros não relacionados com o lançamento do IPI
Lançamento do IPI - A Menor
Hipótese de existência de saldo credor
Lançamento do IPI - A Maior

6 - ISS - IMPOSTO SOBRE SERVIÇO

Introdução
Incidência e Não Incidência
Serviços Isentos do ISS
Contribuinte (art. 6º RISS):
Contribuinte Substo (art.7º RISS)
Fato Gerador e Lista de Serviços
Base de Cálculo

7 - PIS/COFINS

Regime de Incidência Cumulativa
PIS/PASEP Faturamento
Contribuintes
Base de Cálculo
Regime de Incidência Não Cumulativa
lnaplicabilidade do regime não-cumulativo
Fato Gerador
Base de Cálculo
Receitas não integrantes da base de cálculo
Incidência Parcial do Regime Não Cumulativo
Regime Especial – Alíquota Diferenciada
Entidades Sem Fins Lucrativos
Sociedades Cooperativas
Pessoas jurídicas de Direito Público
Contribuintes Substos
Incidência Monofásica da Contribuição
Tributação Pelo Regime de Caixa
Compra e Venda de Veículos Usados
Contratação de Construção por Empreitada ou Fornecimento de Bens e Serviços por PJ Direito Público
Companhia de Factoring
Importação
Atividades Imobiliárias
Planos de Saúde
Retenções pelos Órgãos
Retenção pelos Órgãos da Administração Pública Federal
Dedução De Créditos da COFINS e do PIS/PASEP
Crédito presumido da Agroindústria
Crédito Presumido da COFINS - Perdas em operação de Hedge
Construção Civil
Construção por empreitada ou de fornecimento a preço predeterminado de bens ou serviços
Serviços de Propaganda e publicidade
Revenda de papel imune a impostos quando destinado à impressão de periódicos
Versão de Bens e Direitos por Cisão, Fusão e Incorporação
Dedução de Excedente mensal de créditos
Não utilização dos créditos
Não Incidência nas Exportações
Crédito Presumido do IPI
Suspensão
Venda de insumos destinados à industrialização por encomenda de produtos especificados
Venda de insumos destinados à industrialização de produtos especificados
Venda de matérias-primas, produtos intermediários e materiais de embalagens destinados à pessoa jurídica preponderantemente exportadora.
Importações efetuadas por companhias localizadas na Zona Franca de Manaus de matérias-primas, produtos intermediários e materiais de embalagem
Na venda dos produtos in natura de origem vegetal
Isenção do PIS/PASEP e COFINS
Retenção na Fonte
Alíquotas
Alíquotas Diferenciadas
Produtos sujeitos à alíquota zero a partir de 26-07-2004
Regime de Incidência Cumulativa
COFINS – Faturamento
Contribuintes
Base de Cálculo
Regime Especial – Alíquota Diferenciada
Contribuintes Substos
Cooperativas
Incidência Monofásica da Contribuição
Alíquotas

8 - SIMPLES

Introdução
Restrição a Opção
Impostos que Englobam o Simples
Base de Cálculo
Excesso de Receita
Exclusão Voluntária
Prazo e Forma De Pagamento

9 - SIMPLES NACIONAL

Introdução
Comitê Gestor e Fórum Permanente das ME e EPP
Conceito De Microempresa
Conceito de Pequena Empresa
Conceito de Receita Bruta
Enquadramento no Início de Atividade
Conceito de Início de Atividades
Companhias Excluídas do Tratamento Diferenciado às ME e EPP
Cooperativas de Crédito, Centrais de Compras, Bolsas de Subcontratação e Associações Assemelhadas
Situações Excludentes - Data de Efeito da Exclusão
Ocorrência de Excesso de Receita Bruta no Início de Atividade
Excesso Não Superior a 20% do Limite Estabelecido
Início de Atividade - Alteração de ME para EPP
Início de Atividade – Alteração de EPP para ME
Exclusão por Excesso de Receita Bruta
Simples Nacional – Insição Tributos/Contribuições Inclusos
Contribuição ao INSS Inclusa no Simples
Empresas Prestadoras de Serviço - Incidência da Contribuição ao INSS, Exceto Atividades Especificadas
Tributos/Contribuições Exclusos do Simples Nacional
Ganhos de Capital e Rendimentos de Renda Fixa ou Variável - Tributação Definitiva
Lucros Distribuídos aos Sócios - Isenção do Imposto de Renda
Limitação dos LucrosdDistribuídos sem Tributação
Empresa que mantém dscrituração Contábil Inexistência de Limitação
Opção pelo simples nacional
Prazo para opção
Opção no ano de Início de Atividade
Companhias Inscritas no Simples
Indeferimento da Opção
Adoção das Expressões ME ou EPP na Denominação Social
Vedações ao Ingresso no Simples Nacional
Atividades que Podem Optar pelo Simples Nacional
Companhias Exclusivamente Prestadoras de Serviço - Opção
Alíquotas e Base de Cálculo
Forma de Determinação da Alíquota
Início de Atividade
Opção pela Utilização da Receita Bruta - Regime de Caixa
Segregação das Receitas para Fins de Aplicação da Tabela
Atividades Industriais
Prestadoras de Serviços Beneficiadas Com A Inclusão Do Inss No Simples Nacional - Locação de Bens Móveis
Prestação de Serviços de Transportes Intermunicipais e Interestaduais
Prestação de Serviços Sujeitos à Subsição Tributária do ISSQN
Tributação Definitiva
Venda para Pessoa Jurídica Exportadora (Trading Company)
Data em que se Considera Vencido o Simples Nacional não Pago
Contribuição Patronal
Vedação a Dedução de Crédito Do IPI
Pagamento dos Impostos Devidos na Venda para o Mercado Interno
Receitas de Mercadorias Sujeitas a Substituição Tributária e Exportação
Determinação da Redução na Revenda de Mercadoria
Determinação da Redução na Venda de Mercadoria Industrializada pelo Contribuinte
Sistema Eletrônico para Cálculo do Simples Nacional
Tributação do Excesso de Receita Bruta
Faculdade de Adoção de Valores Fixos para Pagamento do ICMS e ISSQN para
Escritórios de Contabilidade - Recolhimento do ISS em Valor Fixo
Dedução do Material Fornecido da Base de Cálculo Do ISSQN nas Atividades de Construção Civil Especificadas
Faixas de Receita Bruta para Enquadramento do ICMS e ISSQN no Simples Nacional
Participação dos Estados No PIB Brasileiro
Momento de Produção dos Efeitos da Opção do Estado/Município
Excesso de Receita Bruta
Exclusão do Regime
Excesso de Receita Bruta no Início de Atividade
Tributação da Receita que Ultrapassar o Limite Imposto pelo Estado
Regulamentação pelo Comitê Gestor
Forma e Prazo de Recolhimento do Simples Nacional
Recolhimento Centralizado na Matriz
Sistema Simplificado de Arrecadação
Recolhimento em Atraso - Acréscimos Legais
Resição/Compensação de Valores Recolhidos a Maior
Repasses do Produto da Arrecadação
Impossibilidade de Transferência de Crédito
Não Utilização de Incentivos Fiscais
Obrigações Fiscais Acessórias – Declaração Simplificada
Obrigatoriedade de Emissão de Nota Fiscal e Guarda de Documentos
Contribuintes com Receita Bruta Anual de Até R$ 36.000,00
Empreendedores Individuais
Demais ME e EPP
Informações Relativas a Terceiros
Declaração Eletrônica
Adoção de Contabilidade Simplificada
Exclusão do Simples Nacional
Exclusão de Ofício
Data dos Efeitos da Exclusão de Ofício
Regulamentação pelo Comitê Gestor
Suspensão Voluntária
Competência para Proceder a Exclusão
Exclusão por Comunicação da Pessoa Jurídica
Prazo para Solicitar a Exclusão
Multa pela Falta de Comunicação
Regulamentação pelo Comitê Gestor
Data dos Efeitos da Exclusão
Conseqüências da Exclusão
Competência para Fiscalizar
Possibilidade de Delegação da Atribuição de Competência para Fiscalizar para o Município
Competência do INSS para Fiscalizar as organizações especificadas
Competência para Lançamento do Simples Nacional Apurado em Procedimento de Fiscalização
Regulamentação pelo Comitê Gestor
Presunções de Omissão de Receita
Acréscimos Legais nos Recolhimentos em Atraso
Sanções Penais Aplicáveis
Multas na Entrega em Atraso da Declaração Simplificada
Redução das Multas
Penalidade Mínima
Falta de Atendimento das Especificações Técnicas da Declaração
Processo Administrativo Fiscal
Processo de Consulta
Processo Judicial
Inscrição na Dívida Ativa
Normatizacão pelo Comitê Gestor
Normatizacão pelos Estados e Municípios
Parcelamento de Débitos para Ingresso no Simples Nacional
Revogação do Simples

10 - IRPJ

Da Consição Federal (CF)
Do Código Tributário Nacional (CTN)
Legislação Aplicável
Princípios Constitucionais
Principio da Anterioridade
Fato gerador do IR
Forma de Tributação
Período de Apuração
Lucro Real
Conceito
Pessoas Jurídicas Obrigadas à Tributação com Base no Lucro Real
Lucro Contábil e Lucro Fiscal
Condições de Dedutibilidade dos Custos e Despesas
Apuração do Lucro Real
Exemplos de Adições e Exclusões
Adições a Base de Cálculo
Exclusões da Base de Cálculo
Cálculo do Imposto
Cálculo do Imposto de Renda por Estimativa
Suspensão do Imposto
Redução do Imposto
Cálculo e Recolhimento do Imposto por Estimativa
Lucro Real Trimestral
Ativo Fiscal Diferido
Lucro Presumido
Necessidade de Escrituração Fiscal
Determinação do Lucro Presumido
Valores Excluídos da Base de Cálculo do Lucro Presumido
Valores que serão adicionados à Base de Cálculo do Lucro Presumido
Lucro Arbitrado
Hipóteses de Arbitramento
Aplicação do Arbitramento
Período de Apuração
Determinação do Lucro Arbitrado
Receita Bruta Conhecida (Arbitramento pelo Fisco ou pelo Contribuinte)
Receita Bruta não Conhecida
Percentuais Aplicáveis

11 - CONTRIBUIÇÃO SOCIAL SOBRE O LUCRO – CSL

Insição
Base de Cálculo
Contribuinte
Cálculo
Apuração pelo lucro real
Apuração pelo Lucro Presumido

12 - NF ELETRÔNICA

Conceito
Projeto Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)
Implementação
Estratégias de Implementação
Histórico do Projeto
Justificativas para Execução do Projeto
Nota Fiscal Eletrônica
Descrição da Nota Fiscal Eletrônica
Fluxo Real de Comunicação
Exemplo de NF-e
Benefícios da Nota Fiscal Eletrônica
Benefícios para o contribuinte vendedor
Benefícios para o contribuinte comprador
Benefícios para a sociedade
Benefícios para as administrações tributárias
Diretrizes do Projeto NF-e
Etapas do Modelo Nacional
Habilitação do contribuinte como emissor de NF-e
Emissão e transmissão da NF-e (grandes contribuintes)
Consulta da NF-e
Envio da NF-e à Receita Federal e à Secretaria de Fazenda de destino
Confirmação de Recebimento da NF-e pelo Destinatário
Cancelamento de NF-e
DANFE
Documento Auxiliar da Nota Fiscal Eletrônica (DANF-e)
Transmissão da NF-e em Regime de Contingência (Indisponibilidade do Contribuinte)
Alteração das Normas
CONFAZ modifica as normas da Nota Fiscal Eletrônica

13 - LIVROS E GUIAS

Regras Gerais de Escrituração dos Livros Fiscais
Forma de Impressão dos Livros
Exigência do Visto Prévio
Prazo de Escrituração
Encerramento das Atividades
Livros Fiscais Obrigatórios Contribuintes do ICMS
Livro Registro de Entradas de Mercadorias
Registro de Entradas
Quem Deve Escriturar?
Quem Está Dispensado Dessa Escrituração?
Que Documentos de Entradas Devem Ser Levados a Registro?
Critérios de Escrituração
Encerramento Periódico do Livro
Livro Registro de Saídas de Mercadorias
Registro de Saídas - Modelo 2 ou 2-A
Livro Registro de Apuração do ICMS
Livro Registro de Controle e da Produção do Estoque
Livro Registro de Inventário
Termo de Ocorrência e Registro de Documentos Fiscais
Controle de Créditos do Ativo Permanente
Livros Fiscais Obrigatórios Contribuintes do IPI
Perda de Livros Fiscais.
Livros Fiscais Obrigatórios
Livro Registro de Entradas
Livro Registro de Utilização de Documentos Fiscais e Termos de Ocorrências
Livro Registro de Apuração do ISS
Livro Registro de Entradas de Materiais e Serviços de Terceiros (REMAS)
Livro Registro de Apuração do Imposto sobre Serviços para Construção Civil (RAPIS)
Livro Registro Auxiliar das Incorporações Imobiliárias (RADI)
Livro Registro de Apuração do ISS para Insições Financeiras
Livro de Apuração do Lucro Real
Finalidade
Escrituração
Obrigatoriedade de Escrituração
Escrituração
Companhias que apuram o Lucro Real Trimestral
Companhias que apuram o Lucro Real Anual
Companhias que apuram o Lucro Real Mensal
Modelo
Adições
Exclusões
Falta da Escrituração
Perda de Livros Fiscais
SPED – Sistema Público de Escrituração Digital
Exemplo de Livros

DEPOIMENTOS:

Depoimentos dos alunos do curso de técnicas de serigrafia

Juliana Martinelli – São Paulo - SP - Curso de auxiliar de Escrita Fiscal
O curso é de qualidade, o envio dos livros foi rápido e há a grande facilidade de fazer o curso de acordo com o tempo disponível e em casa.

Walter Moraes – São Paulo - SP.
O curso foi maravilho, deveria ter muitos outros cursos assim. Realmente me ajudou muito e já recebi o certificado, estou super contente. A atenção de você faz que o Instituto Denver seja o melhor centro de ensino do país. Vocês precisam crescer mais se tornar até uma universidade, quem sabe.

Angela Tamara – São Gabriel do Oeste - MS.
Muito boa as apostilas do curso, assim como sua metodologia.

Luiz Antonio – Santa Bárbara - MG.
O curso de escrita fiscal é muito bom, de fácil assimilação e compreenção e está sendo de grande valia para meu desenvolvimento.

Raimundo Nonato – Cajazeiras – PB.
Foi muito proveitoso o que aprendi no curso, pude utilizar no meu trabalho, pois faço a área fiscal de duas firmas.

Kátia dos Santos - São Mateus – ES.
Tenho muito a elogiar, pois fui muito bem atendida em todo o tempo. agradeço muito a atenção.

Marcelo Augusto – Jundiaí – SP.
O curso é bom. Só senti que algumas aulas poderiam estar em outra ordem: o capítulo sobre o Imposto de Renda, por exemplo, dá uma boa explicada no conceito de impostos - talvez pudesse estar no início. Os modelos de nota fiscal aparecem no capítulo do ISS - talvez pudessem estar separados.

PERGUNTAS FREQUENTES

Perguntas

1- Olá, qual o preço do curso? (Marcela Serrada Alves, Cascavel, SC).
R:Marcela, nosso curso está saindo à vista R$ 105,00.

2- O curso de vocês possue quantas apostilas? (Junior Limeira Rosa, Uberlândia, MG).
R:Junior. Um total de 13 apostilas e um CD com e-books, tabelas fiscais e dicas para futuras entrevistas.

3- Em quanto tempo eu recebo meu curso? (João da Cruz, Porto Alegre, RS).
R: Se a sua cidade for atendida pelo e-sedex, após a expedição, os Correios dão um prazo de 3 dias úteis.

4- Quais são os requisitos básicos para fazer o curso? (Rafael Monteiro, Goiânia, GO).
R:Rafael, aconselhamos que o aluno tenha o segundo grau completo, ou que esteja cursando.

5- Oi, cursos de notas fiscais vocês tem? (Julia Molina, Vitória, ES)
R:Temos sim Julia. Veja nosso curso de escrita fiscal. Dê uma olhada em nossa página.

6- Procuro cursos de escrituração fiscal para fazer a distância, o Instituto Denver tem? (Fagner Donato, Salvador, BA).
R:Sim, temos o curso. Acesse nosso site para ter mais detalhes e realizar seu pedido de matrícula.

7- Posso comprar o curso pelo televendas? ( Regiane Vilela, Canoas, RS).
R:Pode sim Regina, só ligar para 021 2447-1705.

8- O curso pode ser enviado para Manaus?(Magno Pereira Rocha, Manaus, AM).
R:Magno, enviamos para todo Brasil. Faça seu pedido em www.institutodenver.com.br.

9- Tem o curso em sp ? (Rosangela Faro, Sorocaba, SP)
R:Rosangela, nosso cursos são a distancia e podem sim ser enviados para você em sua cidade.

10- Qual a carga horária do? (Alexandre Vieira, Campo Grande,MS).
R: Alexandre é estimado em 44 horas.

11- Existe algum requisito básico pra fazer o curso? (Mônica Laura Neves, Belém, PA).
R: Não. É recomendável o aluno ter o ensino médio.

 

 

 


Veja também: Curso de Excel a distância
Curso Online de Contabilidade